APRENDENDO A AMAR (TUDO POR UM COWBOY)

Aprendendo a amar -
LIVRO

 Narrado em terceira pessoa, a história se passa em Jacobsville, Texas. Shelby é uma mulher de 27 anos que teve uma vida privilegiada, pelo menos economicamente. Seu pai era um homem que tinha ideias claras de como a filha deveria agir, com quem deveria se casar e viver.
Quando jovem, Shelby amava Justin, que era 10 anos mais velho, mais experiente e pobre. Essa última informação incomodava profundamente o patriarca e com suas artimanhas, conseguiu que Shelby rompesse o noivado e ainda se saísse como o bonzinho diante de Justin.
Justin, agora com 37 anos, é um homem sério e um pouco amargurado, principalmente por ter sido humilhado publicamente por Shelby. Por conta do seu ego, em muitas cenas ele é brusco com Shelby e chega a irritar um pouco.
Acontece que o pai de Shelby estava falido antes de falecer e foi preciso vender tudo. Shelby encontra-se sozinha no mundo, sem dinheiro e solitária e Justin oferece um casamento por conveniência. Mas como podem imaginar, acaba se tornando algo mais.
Para os fãs de romance da autora Diana Palmer, o livro é leitura obrigatória. Temos um cowboy teimoso, uma mocinha em apuros e inocente e um cenário incrível.

O coração de um cowboy - Jules está de férias em Desperation, para acompanhar o casamento da melhor amiga Betty. O que ela não esperava é se deparar com um sexy cowboy em Ada, Oklahoma, na Arena AgriPlex, enquanto as duas assistiam a um rodeio. Jules tem pavor de cavalos, após um grande acidente. Por conta disso, envolver-se com Tanner seria um terrível engano.
Tanner tem um único sonho: ganhar a fivela de campeão dos rodeios. Para isso, precisa competir em diversas competições menores para se classificar, pois recusa-se a participar de competições muito longe de casa, por conta do sobrinho Shaw.
Shaw foi criado desde bebê por Tanner. Sua mãe o deixou no rancho e o pai desapareceu. Agora, com quase 15 anos de idade, tem diversas dúvidas quanto a sua origem e um grande amor sobre as competições de rodeios.
Inicialmente os dois não combinam em nada e tentam agir racionalmente, mas, quando o coração entra no caminho como impedir?

Nenhum comentário:

Postar um comentário